• Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte

ORIENTAÇÕES INTERNAS AO EDITAL MCTI/FINEP/FNDCT - AÇÃO TRANSVERSAL - APOIO INSTITUCIONAL - 03/2016

[ALTERAÇÃO: Protocolo da PPP-Apoio Institucional e Formulário de Avaliação da PPP na DAE: 23/05/2016 até às 17:00]

Prezadas e Prezados,


Tendo em vista o
Edital MCTI/FINEP/FNDCT - Ação Transversal - APOIO INSTITUCIONAL - 03/2016, de modo a alinharmos as ações internas para atendimento a este edital, bem como para a melhor conjunção de esforços das áreas interessadas do CTI, encaminhamos as orientações gerais a respeito do processo interno para a seleção de projetos.


I) QUANTO AO EDITAL:

A presente Chamada Pública visa apoiar projetos institucionais relevantes, considerados de caráter prioritário para a manutenção e consolidação do Sistema Nacional de CT&I e que não estejam sendo apoiados por outros programas do Sistema MCTI/Finep/CNPq.


Trata-se de um Programa de Fluxo Contínuo destinado à seleção de projetos que venham a ser aprovados no ano de 2016.

No âmbito desta Chamada serão comprometidos recursos não-reembolsáveis no valor de até R$ 30.000.000,00 (trinta milhões de reais) originários do FNDCT. Destes recursos, 30% (R$ 9.000.000,00 - nove milhões de reais) deverão ser aplicados nas regiões Norte (N), Nordeste (NE) e Centro-Oeste (CO).

A - Do processo de submissão e seleção dos projetos estabelecidos pela Finep:

O processo de seleção de projetos pela Finep é composto das seguintes etapas:

a. Etapa de pré-qualificação:

I. Nesta etapa deverá ser encaminhado à Finep Pré-projeto contendo:

- Instituição Executora

- Instituição Convenente

- Objetivo Geral

- Objetivos Específicos

- Justificativa

- Inserção no Sistema Nacional de C,T&I

- Relevância do Projeto

- Público Alvo

- Descrição resumida dos objetivos específicos da proposta

- Resultados Esperados

- Metas

- Indicadores

- Equipe científica envolvida, sua qualificação, experiência e dedicação

- Prazo de Execução

- Valor total da ação composto de valor por fundo setorial e outras fontes de recursos/parcerias

b. Apresentação do projeto:

I. Nesta etapa deverá ser apresentado o projeto completo à Finep conforme formulário FAP.

Os Pré-projetos recebidos até o dia 10 (dez) de cada mês que venham a ser encaminhados pelo Comitê de Enquadramento serão processados pelo Comitê de Seleção desse mesmo mês.

Só será contemplado um único projeto por instituição executora, no ano de 2016. Caso o apoio não seja concedido, será possível apresentar nova proposta até 31/10/2016, desde que haja disponibilidade de recursos a permitir uma nova rodada de avaliação.

B – Das características das propostas:

O prazo máximo de execução do projeto deverá ser de 24 (vinte e quatro) meses.

Cada proposta deverá ser, no máximo, de R$ 1.000.000,00 (um milhão de reais).

São itens financiáveis:

a. Despesas Correntes:

I. Material de Consumo, Diárias e Passagens, Pessoal e Encargos, Serviços de Terceiros Pessoa Jurídica, Despesas acessórias com importação.

b. Despesas de Capital:

I. Obras e Instalações: pequenas reformas necessárias para a adequação do laboratório para os equipamentos.

II. Equipamentos e Material Permanente: Equipamentos, seus acessórios e componentes que os integram, materiais permanentes, destinados exclusivamente à instituição executora principal.

c. Despesas Operacionais e Administrativas: O projeto poderá prever a cobertura de despesas operacionais e administrativas de caráter indivisível, respaldadas na Lei nº 10.973/2004, denominada “Lei da Inovação”, até o limite de 5% do valor solicitado para o projeto (despesas correntes e de capital).


II) QUANTO À SELEÇÃO DE PROJETOS INTERNAMENTE:


Com vistas à adequada análise interna das propostas e de modo a permitir que todos os interessados possam apresentar suas propostas de projetos, foram incluídas instruções específicas para os referidos editais na Proposta Preliminar de Projeto (PPP-Apoio Institucional), modelo em anexo e também disponível na Intranet (versão *.odt | versão *.doc).

Deverá também ser preenchido Formulário de Avaliação da PPP a ser encaminhamento juntamente com o formulário da PPP-Apoio Institucional.


As questões incorporadas no formulário foram elaboras de modo a permitir a uniformização das propostas de projeto, bem como auxiliar no processo de análise e classificação das propostas. Ressalta-se que o formulário elaborado visa atender aos requisitos do edital.


A PPP- Apoio Institucional e o Formulário de Avaliação da PPP devem ser encaminhados à DAE impressos, rubricadas todas as páginas e assinado o encaminhamento até as 15:00 do dia 23/05/2016. Após este horário não serão protocoladas novas PPPs.


Os projetos recebidos seguirão o fluxo de análise e aprovação interna de projetos, previsto na Portaria n° 100 de 22/12/2011. No dia da avaliação, cada proponente ou seu representante terá 10 (dez) minutos para apresentar sua proposta a Comissão de Articulação pertinente.

Como resultado da análise das PPPs será emitido por cada Comissão de Articulação documentos contendo as propostas selecionadas e sugestão da classificação dos projetos pertinentes ao seu tema.

Caberá a CGTI em conjunto com a CGAI e a Direção do CTI procederem a classificação final dos projetos, tendo como subsídio à sua decisão os documentos emitidos pelas Comissões de Articulação.


III) QUANTO À APRESENTAÇÃO DO PRÉ-PROJETO:


O projeto classificado em primeiro lugar deverá seguir para a escrita, pelo proponente, do Pré-Projeto, conforme modelo da Finep a ser disponibilizado pela DAE. O prazo limite para envio do Pré-Projeto à DAE é 07/06/2016.


A submissão do projeto à Finep será feita pela DAE em ação conjunta com a Facti e Proponente do Projeto.

No caso de o Pré-Projeto não ser aprovado pela Finep, o próximo colocado na lista classificatória será convidado a apresentar seu pré-projeto.

No caso de o proponente não apresentar o Pré-Projeto na data estipulada neste cronograma, 07/06/2016 até as 12:00, seu projeto será desclassificado, sendo o segundo colocado convidado a apresentar seu projeto conforme cronograma a ser divulgado na ocasião.



IV) CRONOGRAMA

Etapa

Data Limite

Protocolo da PPP-Apoio Institucional e Formulário de Avaliação da PPP na DAE.

23/05/2016 até às 17:00.

Protocolo pela DAE das PPPs recebidas na CGTI.

24/05/2016 até às 17:00.

Reunião de Avaliação das PPPs:

Comissão de Articulação de Componentes - CAC

25/05/2016.

Comissão de Articulação de Software - CAS

25/05/2016.

Comissão de Articulação de Projetos Sociais - CAPS

25/05/2016 – Reunião Extraordinária.

Encaminhamento de manifestação das comissões à CGTI.

30/05/2016 até às 15:00.

Classificação Final das propostas de projetos pela CGTI, CGAI e DIR.

01/06/2016.

Comunicação da DAE aos proponentes quanto a classificação das propostas de projeto.

02/06/2016.

Apresentação do Pré-Projeto à DAE e à Facti.

07/06/2016 até às 12:00.

Revisão final do Pré-Projeto.

08/06/2016 até às 17:00.

Assinatura e submissão do Pré-Projeto à FINEP.

09 e 10/06/2016.

 

V) DISPOSIÇÕES FINAIS


Eventuais dúvidas a respeito dos procedimentos internos e dos editais podem ser encaminhadas ao e-mail
Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. .


Contamos com o seu envolvimento e colaboração.

 

CTI recebe a visita do Secretário da SECIS

A agenda consistiu em uma reunião do Secretário com o Centro Nacional de Referência em Tecnologia Assistiva (CNRTA)


No dia 29/04, o CTI recebeu a visita do secretário da SECIS - Secretaria de Ciência e Tecnologia para Inclusão Social -, Sr. Edward Madureira Brasil.
Na ocasião, ele esteve reunido com a equipe do Centro Nacional de Referência em Tecnologia Assistiva (CNRTA), que apresentou um histórico sobre a origem do centro e  sobre os resultados obtidos até 2015, as ações em andamento e as perspectivas de atuação.

 

Colaboradores do CTI apresentam artigos na área de Segurança da Informação

Colaboradores do CTI Rodrigo Ruiz e Rogério Winter publicaram dois artigos na conceituada revista Britânica de Segurança da Informação Cyber Security Review ao lado de instituições como Interpol, Europol, ENISA, ICAO, NIST, IET, CCDCOE e muitas outras.

A Revista pode ser baixada pelo link http://tbf.me/a/GRog6  informando a senha theta147


Contribuidores editoriaisCORROSIVE SECRECY AND CONFIDENCE: THE PARADOX AMONG BYPASSING CRYPTOGRAPHIC SOFTWARE, LOSS OF PRIVACY AND INFORMATION SECURITY By Rogério Winter, Brazilian Army – Cyber Defense and Rodrigo Ruiz, Information Technology Center Renato Archer (CTI)

A segurança da informação tem crescido em importância em todo o mundo. Quando empresários viajam entre escritórios, cidades e até países há o potencial de risco de vazamento dos dados corporativos confidenciais. É interessante notar que muitos dispositivos móveis são roubados a cada ano e, com isso, a informação as informações estratégicas e confidenciais da empresa podem ser comprometidas. Nosso trabalho evoluiu através de uma análise de três sistemas de criptografia consagrados existentes no mercado: TrueCrypt, BitLocker e Bitdefender. Fomos capazes de provar que conceitos ultrapassados ainda estão sendo usados para proteger as informações de pessoas, empresas e governos. Nós mostramos como falhas durante o desenvolvimento, inconsistências comerciais e aplicação de técnicas equivocadas podem continuar expondo os segredos de pessoas, empresas e governos. Acesse a publicação

APOC@LYPSE: THE END OF ANTIVIRUS. WHEN THE ANTIVIRUS IS THE THREAT
By Rodrigo Ruiz, researcher at CTI Renato Archer and Rogério Winter, Colonel at Brazilian Army

Foi apresentado a prova de conceito de uma nova arma cibernética que tem o potencial para paralisar um país inteiro com danos irreversíveis, causadas por nações atacantes patrocinados pelo Estado (Ministry of Justice of Georgia 2011) ou terroristas. Técnica Apoc@lypse é apresentada nas páginas do livro "Apoc@lypse: The End of Antivirus” (Ruiz, et al, 2015) demonstra claramente a fragilidade das nossas defesas. Fomos ensinados por mais de 30 anos que, na era digital, devemos confiar em nosso sistema antivírus e mantê-lo sempre atualizado. Você pode controlar o mercado de antivírus e transformá-lo contra o seu adversário, uma vez que ele protege as fotos de família, o comércio, finanças e estratégias militares. Indetectável, rápido e devastador para os dados de um computador. Acesse a publicação


 

Chamada Pública BNDES/FEP Internet das Coisas - Orientações Gerais

Prezadas e Prezados,

Encontra-se aberta Chamada Pública BNDES/FEP Prospecção nº 01/2016 – Internet das Coisas (Internet-of-Things - IoT) a qual visa receber propostas para obtenção de apoio financeiro não reembolsável para a realização de Estudos Técnicos independentes com objetivo de realização de diagnóstico e proposição de políticas públicas no tema Internet das Coisas (Internet-of-Things - IoT).


I) QUANTO AO EDITAL:
  • O Estudo Técnico proposto para o edital em referência tem por objetivo avaliar o estágio e as perspectivas de implantação da IoT no mundo e no país, com vistas à proposição de políticas públicas que potencializem tanto os impactos econômicos, tecnológicos e produtivos, como aqueles ligados ao bem-estar da sociedade brasileira. Como produto final, deve ser entregue um plano de ação, com cronograma para 5 anos (2017 a 2022), que aponte objetivos, metas e ações a serem empreendidas. O plano deve ser referência para iniciativas concretas para acelerar a implantação de soluções em IoT nas verticais selecionadas, endereçando as questões horizontais mais relevantes - tecnológicas, regulatórias e institucionais – a serem superadas.
  • O prazo total previsto para realização dos estudos é de 15 (quinze) meses corridos.
  • Poderão ser beneficiárias da colaboração financeira não reembolsável pessoas jurídicas de direito público ou de direito privado com sede e administração no Brasil, individualmente ou em consórcio.
  • Somente 1 (um) estudo será apoiado pelo FEP.

II) QUANTO À DEFINIÇÃO DO PROJETO INSTITUCIONAL:

Convocamos quem tiver interesse em participar da proposição do projeto institucional do CTI no âmbito da Chamada Pública BNDES/FEP Prospecção nº 01/2016 – Internet das Coisas (Internet-of-Things - IoT), a comparecer na reunião que será realizada amanhã, 20/04/2016 às 14:30 na sala de reuniões das Comissões. Caso não seja possível a sua participação, solicitamos encaminhar representante para a reunião.

A pauta da reunião segue abaixo:
1) Apresentação do edital - DAE
2) Manifestação de interesse dos presentes e discussão técnica - presentes.
3) Definição da equipe técnica que irá trabalhar na escrita do projeto - presentes.
4) Definição do/a servidor/a que será Proponente do Projeto internamente e atuará no âmbito do edital em referência como "Coordenador/a Geral dos Trabalhos" (nomenclatura conforme edital)  - presentes.
4) Definição dos prazos internos para viabilizar a submissão do projeto - presentes.


III) DISPOSIÇÕES FINAIS

Eventuais dúvidas a respeito dos procedimentos internos e dos editais podem ser encaminhadas ao e-mail Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. .

Contamos com o seu envolvimento e colaboração.
 


Página 8 de 175


Centro de Tecnologia da Informação Renato Archer - CTI - CNPJ: 04.822.500/0001-60
Rodovia Dom Pedro I (SP - 65) Km 143,6 Bairro: Amarais - Campinas (SP) CEP: 13069-901
Telefone: (0xx-19) 3746-6000 / Fax (0xx-19) 3746-6028